Ao assumir Petrobras, Magda Chambriard terá aumento salarial de 1.000%

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
COMPARTILHE
18/05/2024 08:32 | 1 min de leitura


Indicada pelo governo Lula para a presidência da Petrobras, a engenheira Magda Chambriard terá um aumento substancial de salário quando assumir o comando da petrolífera.

Atualmente, Magda trabalha como diretora da assessoria fiscal da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), com salário bruto mensal de R$ 13,1 mil.

Já como presidente da Petrobras, a engenheira terá remuneração mensal bruta de R$ 133,1 mil, um aumento de 1.024% em relação ao salário que recebia na assembleia.

Além dos vencimentos da Alerj, a renda de Magda é composta ainda pelos rendimentos de uma consultoria na área de óleo e energia, da qual a engenheira é sócia.

Fonte: Igor Gadelha – Metrópoles

Leia também