Bolsonaro critica pesquisa de opinião no RS e cita 'prostituição' da mídia

Foto: Wagner Meier/Poder360
Foto: Wagner Meier/Poder360
COMPARTILHE
15/05/2024 15:22 | 1 min de leitura


O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) criticou a pesquisa Genial/Quaest por realizar uma pesquisa de opinião no Rio Grande do Sul durante a tragédia das enchentes que já mataram 149 pessoas. Em seu perfil no X, ele compartilhou uma publicação da GloboNews sobre os resultados e disse que “a prostituição dos veículos parceiros do desgoverno não encontra limites”.

Em 8 de maio, a empresa divulgou uma pesquisa sobre a aprovação do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Segundo ensaio, cerca de 50% dos brasileiros dizem aprovar o trabalho do petista.

No trecho compartilhado pelo ex-presidente na rede social, a emissora destaca o aumento na aprovação de Lula na região Sul. A aprovação do petista no Sul do país subiu de 40 (fevereiro de 2024) para 47 (maio de 2024). Há uma margem de erro de 6 pontos percentuais para a região.

Fonte: Poder360

Leia também