Bolsonaro sobre Dino: “imbecil que se acha Deus”

Foto: Ex-presidente usou as redes sociais para criticar a indicação do Ministro da Justiça ao STF
Foto: Ex-presidente usou as redes sociais para criticar a indicação do Ministro da Justiça ao STF
COMPARTILHE
Atualizado há 3 meses | 2 min de leitura


Ex-presidente usou as redes sociais para criticar a indicação do Ministro da Justiça ao STF

O ex-líder Jair Bolsonaro (PL) expressou desaprovação em relação à escolha de Flávio Dino como Ministro da Justiça pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para ocupar a vaga da ministra Rosa Weber no Supremo Tribunal Federal (STF). Bolsonaro divulgou um vídeo nas mídias sociais no qual se refere a Dino como “imbecil que se acha Deus”.

Veja:

Bolsonaro indicou seu então ministro da Justiça para o STF, o atual ministro do STF André Mendonça. Além de Mendonça, Bolsonaro também indicou Nunes Marques, emplacando dois ministros na Suprema Corte.

Dino teve sua nomeação oficializada na segunda-feira (27) e já tem um agendamento definido para ser sabatinado na Comissão de Constituição e Justiça do Senado no dia 13 de dezembro.

Durante os últimos 4 anos de seu mandato como governador do Maranhão, o futuro ministro teve alguns embates com Bolsonaro.

Não é de hoje que os dois se estranham. Em 2022, Bolsonaro sugeriu que Dino era um “comunista gordo”.

“Vocês repararam que, nos países comunistas, geralmente o chefe é gordo? O cara da Coreia do Norte, gordinho né? Venezuela, gordinho né? Maranhão”, disse.

Dino, que era do PCdoB , rebateu cobrando que o presidente “fosse trabalhar”.

Leia também