Copa do Mundo 2026: FIFA divulga calendário completo com datas e sedes

FIFA
FIFA
COMPARTILHE
05/02/2024 08:00 | 5 min de leitura


A FIFA anunciou neste domingo (4) o calendário completo da Copa do Mundo de 2026, que será sediada conjuntamente por Canadá, Estados Unidos e México. O torneio, que apresentará um novo formato com um aumento no número de participantes de 32 para 48 equipes, está marcado para ser a maior Copa do Mundo da história, com um total de 104 jogos.

A transmissão ao vivo, com a presença do presidente da FIFA, Gianni Infantino, revelou como as sedes serão distribuídas nesse torneio histórico. O Estádio Azteca, no México, será palco do jogo de abertura em 11 de junho, marcando a terceira vez que o estádio icônico participará de Copas do Mundo, após 1970 e 1986, quando Diego Armando Maradona encantou o mundo com sua atuação consagradora.

A seleção mexicana, conhecida como El Tri, terá a honra de disputar o jogo inaugural, seguindo uma tradição iniciada na Copa do Mundo de 2006, na Alemanha. Posteriormente, o México jogará sua segunda partida na fase de grupos em Guadalajara, em 18 de junho, retornando à capital para o terceiro jogo em 24 de junho.

Detalhes sobre as sedes dos jogos da fase de grupos, que se encerrará em 27 de junho, e dos jogos de eliminação direta até a grande final, foram transmitidos pela FIFA por meio de suas redes sociais e site oficial, com a apresentação do ator Kevin Hart, da comentarista Jenny Taff e do jornalista Andrés Cantor.

Dallas, com o AT&T Stadium em Arlington, Nova York, com o MetLife Stadium em East Rutherford, e Los Angeles, com o SoFi Stadium em Inglewood, foram os locais cotados para sediar a grande final em 19 de julho de 2026. No entanto, o escolhido foi o estádio compartilhado pelos New York Giants e New York Jets, com capacidade para mais de 82 mil espectadores e 218 camarotes de luxo.

Em 9 de junho de 2012, esse estádio foi palco da vitória da Argentina por 4 a 3 sobre o Brasil, em um amistoso lembrado pela brilhante atuação de Lionel Messi, que marcou três gols.

A disputa pelo terceiro lugar ocorrerá em 18 de julho no Hard Rock Stadium, em Miami Gardens, na Flórida. Com mais de 65 mil lugares, expansíveis para mais 10 mil, o local já foi palco de eventos importantes, incluindo a final da Copa América e o torneio de tênis Miami Open, além de sediar o circuito de Fórmula 1 em seus arredores.

Apesar de as Eliminatórias sul-americanas terem acabado de começar, a liderança da Argentina e sua performance indicam que o atual campeão do mundo pode estar presente na América do Norte para defender o título conquistado no Catar em 2022, quando Messi ergueu a tão desejada Copa do Mundo, buscando sua quarta estrela.

Pela primeira vez, um Mundial será realizado em três países. O único precedente compartilhado foi em 2002, no Japão e na Coreia do Sul. Os Estados Unidos terão a maior participação, com 11 das 16 sedes, incluindo Seattle, São Francisco, Los Angeles, Kansas City, Dallas, Atlanta, Houston, Boston, Filadélfia, Miami e Nova York/Nova Jersey.

O México, por sua vez, contará com sua capital, o emblemático Estádio Azteca, além de Guadalajara e Monterrey. Vancouver e Toronto serão as cidades canadenses para o próximo torneio mundial. Toronto sediará o primeiro jogo no Canadá, em 12 de junho.

Esta será a segunda vez que os Estados Unidos serão sede, após 32 anos, quando foram totalmente anfitriões em 1994. O Canadá fará sua estreia como país organizador em torneios masculinos, embora tenha sediado a Copa do Mundo Feminina da FIFA em 2015.

Fonte: Gazeta Brasil

Leia também