Deputado George Soares vê dificuldade na pré-campanha em Assú e tenta correr da raia: “vai tentar vaga no TCE”

Foto: reprodução Macaiba no ar
Foto: reprodução Macaiba no ar
COMPARTILHE
03/05/2024 07:53 | 3 min de leitura


Em Assú, Rio Grande do Norte, a política fervilha com a aproximação das eleições municipais, e a disputa pela liderança política se acirra. O deputado estadual George Soares, conhecido como “coronel”, viu o cenário que parecia favorável mudar o tom. Anteriormente contava com a força política de João Maia mas a soberba lhe subiu a cabeça e rompeu com João Maia que lhe apoiou em toda sua trajetória política, George agora segue um novo rumo, rompendo laços políticos e apostando em seu primo, Lula Soares, como o novo candidato à prefeitura de Assú.

A ruptura entre George e o grupo de João Maia, representa uma estratégia arriscada para fortalecer sua influência local. No entanto, essa mudança pode ter sido precipitada, considerando a emergente coalizão opositora que promete desafiar o atual prefeito, Dr. Gustavo. A vice-prefeita Fabielle Bezerra e Dra. Vanessa, esposa do político Ivan Júnior, unem forças como pré-candidatas, apresentando-se como uma alternativa sólida.

A frente oposicionista, liderada por Fabielle e Dra. Vanessa, surge como uma séria ameaça ao domínio de George Soares sobre Assú — uma cidade crucial para a consolidação de seu poder regional, especialmente com as eleições legislativas estaduais no horizonte. Ciente do risco de perder influência, George redireciona suas ambições para uma cadeira no Tribunal de Contas do Estado (TCE), uma indicação que depende das decisões da Assembleia Legislativa. No entanto, Ezequiel Ferreira, presidente da assembleia, parece inclinado a favorecer outro candidato, o deputado estadual Gustavo Carvalho que conta com apoios robustos na disputa pela vaga.

Como diz o ditado, “se correr o bicho pega e se ficar o bicho come”.

Fonte: Terra Brasil Notícias

Leia também