Lula recebe ligação de Putin e defende negociação de paz na Ucrânia

 (Ricardo Stuckert/Vladimir Smirnov/PR/AFP)
 (Ricardo Stuckert/Vladimir Smirnov/PR/AFP)
COMPARTILHE
Atualizado há 2 meses | 2 min de leitura


O Planalto informou há pouco que Lula recebeu uma ligação do presidente da Rússia, Vladmir Putin, na manhã desta segunda-feira, na qual o brasileiro falou sobre a guerra na Ucrânia, invadida pelos russos há mais de dois anos.

“O presidente Lula reiterou a defesa de negociações de paz que envolvam os dois lados do conflito, em linha com documento assinado pelo assessor presidencial Celso Amorim e seu homólogo chinês Wang Yi“, diz a nota divulgada pelo governo brasileiro.

Ainda de acordo com o comunicado, Lula também reforçou a necessidade de “uma ampla reforma do sistema de governança global, a ser debatido no âmbito do G20, que reflita os novos arranjos geopolíticos mundiais e reforcem o papel das Nações Unidas como espaço de concertação para a prevenção de conflitos”.

No telefonema, Putin expressou sua solidariedade com as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul e conversou com o presidente brasileiro sobre cooperação econômica bilateral e governança multilateral. O líder da Rússia recordou ainda a recente visita da presidente do Banco do Brics, Dilma Rousseff, ao Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo.

Os dois também discutiram a recém-concluída viagem do vice-presidente Geraldo Alckmin à China para participar da Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível de Concertação e Cooperação e a registraram a presença do chanceler Mauro Vieira na reunião de ministros das Relações Exteriores do Brics, que está acontecendo na Rússia.

Fonte: Veja

Leia também