Manutenção de Juscelino Filho, indiciado por corrupção, expõe ‘governo fraco’ de Lula, diz Estadão

Reprodução
Reprodução
COMPARTILHE
14/06/2024 09:41 | 2 min de leitura


O indiciamento do ministro das Comunicações, Juscelino Filho (União Brasil), envolvido em suspeitas de corrupção no Maranhão, diz mais sobre o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) do que sobre o próprio ministro, afirma o jornal O Estado de São Paulo em seu editorial desta sexta-feira, 14.

Reportagens do jornal revelaram abusos no uso do orçamento secreto na Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). Quando deputado, Juscelino destinou verba milionária para asfaltar uma estrada que passa em frente a uma de suas fazendas em Vitorino Freire. Ele também omitiu parte de seu patrimônio do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e, já como ministro, recebeu diárias para ir a um leilão de cavalos de raça. Sua cidade natal, administrada pela irmã, firmou contratos com empresas de amigos.

“A lista é longa”, diz o Estadão. “Mas nada disso foi suficiente para sacá-lo do cargo.”

Fonte: Terra Brasil

Leia também